Quem sou eu

Minha foto
O Tatamirô Grupo de Poesia é um grupo amapaense de declamação de textos poéticos, sejam eles escritos na forma de prosa ou verso em suas múltiplas manifestações verbovocovisuais. Criado em Abril de 2009, o Grupo nasceu do desejo de dizer Poesia às pessoas. De colocar a voz a serviço da Poesia. De falar as coisas do mundo de forma diferente.

sábado, 3 de setembro de 2011

XV Feira Pan-Amazônica do Livro, o paraíso



O Tatamirô e o Pium filmes estão na XV Feira Pan-Amazônica do Livro que acontece no período de 02 a 11 de Setembro, em Belém-PA. O país homenageado este ano é a Itália.



Antes de existirem o Tatamirô e o Pium Filmes, a Feira já era folhinha marcada no calendário de todo ano, agora mais do que nunca. As feiras de livro são o nosso paraíso. Ficaremos um dia, pelo menos, à disposição no estande da Editora Cortez, como autores do livro Macapá, a Capital do Meio do Mundo.



Revimos a poeta e professora Lilia chaves que falará sobre a escritora  homenageada de 2011: Dulcinéa Paraense. É visível, também, o destaque ao professor Benedito Nunes (1929-2011). A Universidade Federal do Pará (UFPA) inaugurou o estande de sua editora na Feira lançando a Coleção Diálogos de Platão, edição bilíngue, cujas notas, organização e apresentação foram feitas pelo gigante da cultura, é assim que o professor “Bené” vem sendo merecidamente referendado por aqui.


Encontros previamente marcados e outros inesperados aconteceram.


O Marton e o Isaac foram uma coincidente surpresa no caminho para a palestra sobre “O Batuque” de Bruno de Menezes proferida por Paulo Nunes, porque na ida para Feira, passamos pela Casa dos Palhaços, gerenciada por Marton e pelo seu grupo Os Palhaços Trovadores. Marton era um dos recitadores da palestra, assim como o Coro Cênico da Universidade da Amazônia. 



Herbert e Juraci Siqueira cambiaram livro.




Paulo inscreveu-se na oficina de Literatura em fotoclip.



Eu (Adriana Abreu), Herbert e Andaraluna reservamos a tarde para o Ciclo de Literatura e Música no Coliseu das Artes e ouvimos a palestra “As referências literárias na música de Chico Buarque de Holanda”.




Depois, chegou a vez da poeta Alice Ruiz e seus "Três jeitos de poesia".



Foi na palestra da Alice Ruiz e Estrela Leminski que nos deparamos com a Ilma que nos apresentou o poeta Tchello d’Barros.E ainda tem mais! Oba!



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário