Quem sou eu

Minha foto
O Tatamirô Grupo de Poesia é um grupo amapaense de declamação de textos poéticos, sejam eles escritos na forma de prosa ou verso em suas múltiplas manifestações verbovocovisuais. Criado em Abril de 2009, o Grupo nasceu do desejo de dizer Poesia às pessoas. De colocar a voz a serviço da Poesia. De falar as coisas do mundo de forma diferente.

terça-feira, 10 de maio de 2011


Abrimos esta continuação sobre a expedição do Tatamirô Grupo de Poesia a Bento-Gonçalves, em virtude de um erro na postagem anterior que não nos permite fazer as correções que queremos. A partir desta nova postagem, as datas estarão na ordem decrescente, ou seja, do presente para o passado.


Em 16.05.2011

Quando vimos o(a)s piás, ao chegarmos à Feira de livros na manhã do dia 16, sabíamos que a apresentação deste dia (o último de nossa estada no Sul) seria bonita.


Às 10h, estávamos no palco da Feira apresentando o “Improvisando demais”. 








Nosso amigo Pedro Júnior declamou conosco, ele que é um grande pajeador


Nós nos sentíamos habitando plenamente a morada do ser que é palavra, como bem disse Heidegger.



Um importante acontecimento do dia foi nosso encontro com o Grupo Erva Buena, músicos e poetas de Uruguaiana, conterrâneos do Colmar Duarte, patrono da feira. Herbert interagiu com o trio durante o show.


                    


Outra boa surpresa foi estarmos à mesa do jantar com Roger Mello, ilustrador que admiramos e colecionamos as obras.


Aproveitamos para fazer alguns importantes registros de imagem como, por exemplo, os queridos da cafeteria que nos proporcionaram o calorzinho do café, do chocolate e da gentileza durante a Feira.

Em nome do Pacheco, agradecer a cada integrante da equipe de Coordenação  e Organização. Todos, todos, sem exceção, foram afetuosos conosco.



E deixar a foto última que fizemos em solo gaúcho. Ela representa potências de vida: a diversidade, a união, a alegria, a arte.


Em 14.05.2011

" Valeu um trago!"

Argamassa
                    Herbert Emanuel

Não sem cor
Não sem som
Não sem sol
Não sem
Não sei
Não
ão
ã
ô

Na programação da 26ª Feira do Livro de Bento Gonçalves-RS, nossa primeira apresentação estava marcada para hoje. Chegamos cedo à Praça Centenário onde a Feira, deste ano, acontece. É uma praça muito bonita que dá acesso a parte alta da cidade. Às 10h, no espaço reservado para o Museu do Imigrante, já tínhamos preparado toda atmosfera. Nosso primeiro público foram os professores de escolas públicas de Bento.








Em 12.05.2011
CAPAZ!!
Lançamento do Livro RES




O lançamento do livro RES aconteceu como planejamos: ao nosso estilo. 



Harmonizamos uma mesa com nossos produtos, feitos pelo Paulo. 




Organizamos a mesa para os autógrafos no Café da Feira e a equipe de sonorização contribuiu som a sintonia dos equipamentos.Estávamos à vontade. Antes da sessão de autógrafos, cantamos e declamamos nossos poemas.



O Coordenador da Feira, Pedro Júnior da Fontoura, fez o cerimonial do lançamento.



Um dos momentos mais poéticos foi a leitura do RES pelo Herbert e pelo Colmar Duarte, patrono da Feira, que fez a leitura da tradução em espanhol.




Os amigos compareceram e celebramos mais uma de nossas ações, desta vez, bem longe de casa.






Veja um vídeo com momentos marcantes do lançamento do RES

Em 11.05.2011

Ficamos tão felizes ao vermos os livros nas bancas da Feira, que iniciamos a postagem do dia agora, mas ela encerra à noite. Daqui a alguns minutos, a 26ª Feira de Livros de Bento Gonçalves-RS começa e o livro do Amapá, RES, chegou até o Chuí.


Escolhemos um dos poemas-canção da performance que apresentaremos aqui dia 14/05 e dia  16/05 ( o lançamento do RES é amanhã)  como deixa para nós e para quem nos acessa.

Nada pode tudo na vida
Navalha na liga
Nada na barriga

Se você não liga pra vida
A vida te desliga

Nada pode tudo
Nada pode tudo
(Leminsky, Itamar Assumpção e Herbert Emanuel)

Queremos estar ligados na vida que tem conexão direta com a Poesia.



Em 10.05.2011
Retornamos para Bento, depois da viagem a Gramado (última data da postagem anterior). Chegamos às 16h e, desde então, estamos cuidando das postagens que estavam atrasadas. A noite está muito fria (10°), pelo menos para nós, que somos do Norte e só temos duas estações: verão com chuva e verão sem chuva. A paisagem, vista da janela do apartamento, no plano panorâmico, está nublada; mas, ao sairmos para fazermos alguns close-up, nos surpreendemos com o colorido. É com este detalhe que queremos fechar a postagem de hoje.


Em 09.05.2011
Os PIUNS em Gramado


Se não no Festival de Cinema, pelo menos, em frente à casa de cinema onde acontece o tão famoso Festival. Não entramos para pegar nosso Quiquito porque o espaço está passando por reformas. Como somos da galhofa, o Paulo disse que deveríamos marcar nossas mãos na calçada da fama, com giz (kkkkkkkk). Ficamos encantados com a cidade, não é para menos. 



Em visita a Canela, onde adquirimos nossos chapéus, nossos novos instrumentos e um portfólio que é a cara do Tatamirô, Paulo, o designer do grupo, aproveitou para reabastecer nossa ideias cenográficas com uma minuciosa observação do artesanato local.


E, para encerrar o dia, tínhamos amigos, uma lareira, vinhos com queijos,Borges, Alberto Manguel e Juan Rulfo, ou seja, o que , para nós, é o que há de melhor nesta vida. 



4 comentários:

  1. Tudo lindo! Doida pra ouvir de vcs como foi tudo!As fotos estão maravilhosas"
    karen

    ResponderExcluir
  2. Eis o comentário do guru JIDDU
    Acessadíssimo, Adriana, temos que trabalhar para que vocês vão à Jornada Literária de Passo Fundo. Acho que vão gostar de vocês e o evento é gigantesco! Dá uma olhada no meu blog de Contação de Histórias, o cara que entrevistei esta semana tem um importante evento na área e que é aberto, também à poesia. Não deixe de responder sua entrevista, o blog é acessado por pessoas do mundo todo, tem pouca visita mas é bem específico. Note que no rosto do blog tem uma foto minha ao lado de vários narradores, a maioria ali são produtores de eventos importantes aqui deste lado do Brasil.
    Já vi as fotos, estão lindas e vocês estão de parabéns, é bom ver este encontro entre qualidade e sucesso, VOCÊS ESTÃO DE PARABÉNS!
    Jiddu

    ResponderExcluir
  3. Eis o comentário de Jean Garfunkel
    Gostei de ver a poesia cortando o Brasil de Norte a Sul.
    Preciso do endereço postal de voces para mandar meu livro que finalmente ficou pronto.

    Abraços
    Jean Garfunkel

    ResponderExcluir
  4. Eis o comentário do artista Kairo Ribeiro:
    Adriana, brilhante o trabalho de vocês, eu fico inebriado com esses momentos que a vida coloca em nossos caminhos. Parabens, vocês merecem tudo e muito mais.

    adoro o trabalho de vocês.

    Espero que tenha recebido meu presente, estou indo em busca dos meus sonhos pela mesma estrada que vicês.

    até logo, beijos...

    Atenciosamente, Kairo Ribeiro.

    ResponderExcluir